• O que você esta procurando?

    » Golpistas alugam imóveis que não existem e estragam férias de veranistas no PR e SC



    Redação Anuncifácil

     

    Criminosos estão usando a internet para aplicar golpes em que procura uma casa para passar a temporada no do Paraná e de Santa Catarina. Eles anunciam imóveis já ocupados ou que nem existem e exigem o pagamento adiantado de parte do aluguel. Assim, quando o veranista chega para aproveitar a praia, acaba percebendo que foi enganado e ficando na mão. Muito frequente nesta época do ano, o golpe do imóvel invisível já conseguiu enganar muita gente nessa temporada.

    Em balanço divulgado pela Polícia Civil do Paraná, 15 ocorrências de estelionato envolvendo imóveis foram registradas no litoral do Estado entre os dias 21 e 31 de dezembro de 2017. Os golpes aconteceram nos municípios de Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Antonina e Morretes. Em todas as ocorrências, as vítimas só descobriram que estavam sendo enganadas ao chegarem ao destino e constatarem que tinham alugado um imóvel fantasma.

    A “fórmula” utilizada pelos criminosos é sempre a mesma. Os golpistas criam sites imobiliários falsos, capturando anúncios reais feitos por proprietários e divulgando fotos e valores atrativos para chamar a atenção. Feita a solicitação da reserva, os bandidos exigem depósitos antecipados referentes ao aluguel e depois somem com o dinheiro.

    Para quem viveu na pele a enganação, o sentimento é de revolta. É o caso da assistente administrativa Mara Godoi, 31 anos, que foi vítima do golpe no último mês de dezembro. Ela conta que só percebeu que havia sido enganada depois depositou metade do valor da locação por um apartamento em Balneário Camboriú. “Até então, a anunciante respondia todas as minhas mensagens. Por acaso, meu namorado passou pela cidade e pediu pra ver o apartamento. Quando ele chegou, descobriu que o imóvel não estava mais sendo alugado e a mulher nunca mais respondeu”, lembra.

    Com isso, Mara perdeu R$ 1.250. Ela registrou um boletim de ocorrência e teve de cancelar a viagem. “O pior foi descobrir, depois, que mais umas 20 pessoas tinham caído no mesmo golpe. A golpista já foi identificada, mas ainda está foragida. É revoltante”, lamenta. (Redação e foto: Gazeta do Povo)


    Compartilhe esta matéria!


      





    » Curta a página do site Anuncifácil no Facebook



     



    »Publicidades

    Copyright © 2009 Anunci Fácil - Direitos Reservados - Cornélio Procópio - Paraná Site Desenvolvido por: AbusarWEB